É verdade que o número de celulares só aumenta em todo mundo e não há outra saída para as marcas em geral que não seja o mobile marketing, ou seja, estratégias de marketing que as façam se comunicar diretamente (literalmente, uma vez que a comunicação acontece nos aparelhos que carregamos conosco diariamente) o com os consumidores.

Conforme está em vários artigos em nosso blog, dentro do contexto de mobile marketing as opções são várias, tais como as notificações push e o sms. O sms ou mensagem de texto “nativa” dos aparelhos celular (dos mais básicos modelos aos mais sofisticados) você certamente conhece. As notificações push são mensagens enviadas por aplicativos instalados em nossos aparelhos de acordo com a nossa vontade de necessidade.

Por quê Notificações push são menos eficientes que o SMS?

Embora o uso de aplicativos seja muito popular entre os consumidores, pesquisam revelam um problema (grande) para as marcas. Muito do tempo dos consumidores é gasto com uma pequena quantidade de aplicativos “dominantes”, como o Instagram, WhatsApp, YouTube e Facebook. Claro… não é nada fácil competir com esse pessoal.

Por outro lado, além de extremamente simples, as mensagens de texto não precisam competir com esses aplicativos, principalmente porque não precisam acessar nenhum aplicativo para receber notificações. Aplicativos precisam ser instalados e, ainda assim, é possível bloquear as notificações facilmente.

Por fim, como dissemos anteriormente, uma vez que o sistema de sms é nativo (já vem nos sistemas operacionais dos aparelhos), marcas não precisam gastar nem com o desenvolvimento de aplicativos e muito menos com manutenção e atualização dos mesmos.