Ano após ano, o “relacionamento” (para não dizer dependência) entre nós, seres humanos, e nossos dispositivos móveis, aumenta mais e mais. Do momento em que acordamos até o momento de voltarmos pra cama, temos com o celular como nosso companheiro e nem vamos aqui citar a quantidade de atividades, seja de trabalho, seja de entretenimento, nele executadas diariamente.

Em 2018 nada vai mudar, ou seja, esse relacionamento continuará crescendo e com ele a importância do Mobile Marketing. É claro que o que está escrito aqui é completamente baseado em dados, em estatísticas. Para esse artigo específico, a origem desses dados é o site da Filmora, uma ferramenta para edição de vídeos produzida pela Wondershare, uma empresa que produz software para diversos propósitos.

Ao final do artigo você poderá fazer download de um infográfico onde essas informações estão disponíveis (em inglês). Além das estatísticas, o infográfico também disponibiliza algumas dicas de mobile estratégias para as quais devemos todos ficar atentos.

As previsões são:

  1. Em 2018, 65,9% da população mundial irá possuir ao menos um telefone celular;
  2. 57% do tráfego online será gerado nos dispositivos móveis e é justamente por isso que o Google está trabalhando em um novo algoritmo (programa que analisa e classifica os websites nos resultados das buscas) mobile-First;
  3. 43% (contra 39% dos PCs e 18% dos tablets) será a média total de tempo gasto em dispositivos móveis;
  4. 3.26 horas será a média de tempo diária que pessoas entre 16 e 24 anos gastarão online através de seus dispositivos;
  5. As taxas de conversão média via smartphones serão 64% superiores as dos desktops. 88% das receitas dos anúncios do Facebook serão originadas nos dispositivos móveis e os mobile anúncios aumentarão em 1.9x as chances de vendas.

Clique aqui para baixar o infográfico